Valências e Serviços

Lar de Rapazes "A Âncora"

Este Lar foi criado com o objectivo de assegurar acolhimento de carácter permanente a crianças do sexo masculino, entre os 6 e os 12 anos de idade, que se encontrem em situações de risco. Dispõe de 16 vagas mais duas de emergência.

Pretende dar resposta preferencialmente a pedidos da Zona Sul, nomeadamente os Concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Alcácer do Sal e Grândola, bem como a nível distrital, podendo eventualmente, caso haja vaga, responder a outras solicitações a nível nacional.

Uma Equipa Técnica multidisciplinar, composta por um Psicólogo, um Assistente Social e um Animador Sociocultural, em conjunto com uma Encarregada de Serviços e Auxiliares de Acção Educativa, assegura o Bem-Estar físico e psíquico dos utentes, proporcionando apoio educacional, emocional e cuidados de saúde.

A par do trabalho institucional, desenvolvem-se parcerias e projectos com outras entidades da comunidade, a fim de proporcionar uma boa integração social às nossas crianças e jovens.
Para além de integrarem os diferentes graus de ensino, os meninos praticam diversas actividades desportivas, nas associações e clubes locais, envolvem-se na vida cultural da cidade e em actividades sociais e comunitárias.


Nascido do Projecto de Luta Contra a Pobreza, Sinergia 2000, o Lar para Rapazes “A Âncora” foi inaugurado no dia 22 de Fevereiro de 2001, contando com a presença da então Primeira-dama de Portugal Dra. Maria José Ritta.
Inicialmente funcionou num edifício alugado, enquanto a Santa Casa construía um edifício de raiz com melhores condições, que veio a ser inaugurado em 2003, pelo então Ministro da Segurança Social e Trabalho, Dr. António Bagão Félix.


*/