Valências e Serviços

Centro de Apoio Temporário "Porto d'Abrigo"

O objectivo primordial do Centro, é o acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica, com ou sem filhos, que se encontrem em situação de risco e/ou sem suporte familiar.

O Centro dispõe de 14 vagas e permite o acolhimento durante seis meses. Durante este período pretende-se definir e trabalhar o projecto de vida com a mulher e encontrar uma resposta adequada ao nível da sua integração socioprofissional.

Pretende dar resposta preferencialmente a pedidos da Zona Sul, nomeadamente os Concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Alcácer do Sal e Grândola, bem como a nível distrital, podendo eventualmente, caso haja vaga, responder a outras solicitações a nível nacional.

A instituição tem uma equipa formada por uma Directora Técnica (Socióloga), uma Psicóloga Clínica e auxiliares de educação.
A equipa desenvolve um trabalho de promoção e acompanhamento da integração da mulher e dos filhos na instituição; desenvolvimento de capacidades/competências sociais e pessoais, das mulheres e dos filhos, visando a diminuição do risco de exclusão social; promoção e reforço da auto-estima; construção de um projecto pessoal de vida aos níveis: pessoal, familiar, profissional, escolar e social; apoio e acompanhamento psicológico à mulher e aos filhos; trabalhar a expressão emocional e a comunicação inter-pessoal; reflexão cognitiva e emocional do “Ser Mulher”; solicitação de benefícios sociais, etc.


O C.A.T. “Porto d’Abrigo”, Valência da Santa Casa da Misericórdia de Sines, foi inaugurado no dia 22 de Fevereiro de 2003, no âmbito do Projecto de Luta Contra a Pobreza Sinergia 2000, pelo então Ministro da Segurança Social e Trabalho Dr. António Bagão Félix.


*/