Mensagem do Provedor



Provedor Eduardo Bandeira

A Irmandade da SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE SINES é uma associação de fiéis, com personalidade jurídica canónica e com mais de cinco séculos de existência, visando o serviço e apoio solidário aos que mais precisam. Nas suas diferentes respostas sociais acolhe mais de 260 utentes e presta apoio diário a mais de 140 outros utentes. Dá, ainda, importantes contributos para a integração e coesão social, através de projetos temporários que lidera ou dos quais é entidade parceira.

É, indubitavelmente, a instituição do concelho de Sines que mais se compromete com a sociedade no auxílio aos mais carenciados e aos mais marginalizados. Dispõe de serviços únicos neste território, que se dirigem a cidadãos oriundos de todo o país. Tem obras e instalações que orgulham os sineenses e que dignificam quem aqui trabalha e, principalmente, que respondem às necessidades e aos anseios de quem aqui acolhe.

Para servir os mais de 400 utentes diários, nas suas diferentes valências, a Santa Casa dispõe de um quadro de pessoal com 220 trabalhadores permanentes. É, portanto, uma organização de mão-de-obra intensiva, com quadros qualificados e trabalhadores dedicados e com grande sensibilidade para os serviços que prestam, que são serviços de elevada exigência dada a sua dimensão humana.

É neste contexto que esta Mesa Administrativa tomou posse. Com o conhecimento que temos das nossas responsabilidades e dos desafios que abraçamos, ao Provedor e à sua equipa cabe fazer o que lhes compete. E o que nos compete fazer é simples: definir e dar orientações precisas e claras sobre as opções de gestão da instituição; dotar a Santa Casa dos recursos humanos, financeiros e materiais adequados à prossecução das suas atividades; garantir que os trabalhadores tem a formação necessária para as funções que desempenham e que as cumprem com respeito pelas regras em vigor; zelar para que os utentes da instituição sejam condignamente tratados, com padrões exigentes de dignidade e bem-estar; usar todos os mecanismos de controlo disponíveis para avaliar da boa execução das orientações dadas.

Estamos focados num objetivo simples, servir a Santa Casa, estando ao serviço dos seus utentes. Não nos equivoquemos, o nosso mandato é claro: tudo fazer para que as respostas sociais da SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE SINES cumpram os mais elevados padrões de qualidade dos serviços prestados, com escrupuloso respeito pela dignidade da vida humana, pela personalidade dos utentes e pela missão que a instituição prossegue.

Cabe à Mesa Administrativa garantir aos trabalhadores da Santa Casa a formação e os meios materiais necessários para o desenvolvimento das suas atividades diárias mas é responsabilidade de todos os trabalhadores, de toda a cadeia hierárquica, o alinhamento pleno com esse objetivo primeiro, o serviço aos utentes. Estou perfeitamente convencido que posso contar com todos os trabalhadores da SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE SINES, com a sua vontade e disponibilidade, com a sua entrega à causa maior que prosseguimos quando tratamos com pessoas que nos merecem respeito e que estão tão dependentes do nosso apoio.

A Mesa Administrativa, a que tenho a honra de presidir, dará o exemplo com um trabalho de coordenação em equipa, devidamente distribuído por áreas de intervenção. Estamos disponíveis para com todos trabalhar e colaborar. Daremos, naturalmente, o nosso melhor em prol da instituição que servimos com orgulho e determinação. Saberemos detetar as ineficiências e reconhecer o mérito. Respeitaremos as competências da organização e as responsabilidades das hierarquias. A concretização do nosso trabalho será mais fácil tanto quanto soubermos trabalhar coordenadamente e com espírito de entreajuda. Seremos melhores se formos focados e determinados no nosso rumo.



O Provedor

Eduardo Carvalho Ramos Bandeira


Sines, 14 de Janeiro de 2020.


Outras mensagens [+]

Topo ^

*/