Protocolos

Petrogal S.A. e Câmara Municipal de Sines

Tendo em conta o relacionamento entre as empresas que exercem a sua actividade na Zona Económica de Sines e a comunidade em geral, de modo a gerar-se um clima de entendimento, confiança e cooperação promovendo uma saudável inserção dessas empresas no espaço físico e social de Sines; tendo sempre em linha de conta o reconhecimento institucional e social pela qualidade do ambiente no município, estas duas entidades celebram anualmente com a Santa Casa da Misericórdia de Sines um protocolo de apoio financeiro.

Administração do Porto de Sines

A APS, SA, consciente do princípio de que as empresas criadoras de desenvolvimento económico por natureza, devem também ser impulsionadoras de iniciativas na área social, e reconhecendo o elevado interesse de criar na zona de Sines infra-estruturas que contribuam para a melhoria da qualidade de vida, nomeadamente atenuando situações de pobreza e/ou exclusão social, estabelece com a Santa Casa da Misericórdia de Sines um protocolo de cedência de um imóvel em Santo André para funcionamento da valência “Mãe Sol”.

Repsol Polímeros

No seu compromisso de compatibilizar o desenvolvimento dos recursos, com relações próximas e positivas com as comunidades vizinhas apoiando o desenvolvimento local, a Repsol contribuiu com um donativo financeiro para a construção do Salão Social da Santa Casa.

Banco Espírito Santo

O BES oferece um conjunto de condições especiais aos colaboradores da Santa Casa, relativamente a produtos e serviços bancários do BES.

Santa Casa da Misericórdia de Cabinda

Protocolo entre as duas Santas Casas, em que a Santa Casa da Misericórdia de Sines se compromete, mediante as condições estipuladas, a acolher crianças órfãs de Cabinda.


*/