Mensagens do Provedor

Prats Sénior – O sonho tornou-se realidade



Provedor Luis Venturinha

No passado dia 22 de Fevereiro, a SCMS celebrou o seu 499º aniversário com um conjunto de iniciativas altamente enriquecedoras para os nossos residentes, funcionários, órgãos sociais, irmãos, voluntários, entidades e população em geral.

Para além da festa de aniversário, que decorreu num clima bastante harmonioso e alegre, foram condecoradas 7 funcionárias pelos seus 25 anos ao serviço da Santa Casa. Houve também, um momento de grande relevância para todo o universo Santa Casa e para a comunidade – a inauguração da Estrutura Residencial Prats Sénior.

Esta inauguração constituiu para nós um motivo de honra e orgulho, quer pela qualidade do equipamento que a população de Sines merece, quer pelo facto de nos proporcionar melhores condições na prestação de serviços nesta área tão sensível da solidariedade social.

A Estrutura Residencial Prats Sénior deve a sua existência ao sonho, visão, dedicação e perseverança dos Órgãos Sociais da Santa Casa da Misericórdia de Sines, de entidades públicas, privadas e de pessoas singulares, que pelo seu esforço, qualidades profissionais e humanas se empenharam neste projecto, adequado às exigências do seu tempo, em prol do bem-estar da população Sénior.

Esta obra dificilmente se concretizaria com a qualidade desejada, não fora o empenho, colaboração e espírito de boa vontade dos seus intervenientes que, no estrito cumprimento das suas obrigações legais, ajudaram a ultrapassar inércias e entraves, tão frequentes no percurso de projectos desta dimensão. É com manifesto júbilo que agradecemos e partilhamos com todos este sonho longamente acalentado.

Este equipamento foi construído pela necessidade de substituição de outros em fim de vida, e concebido a pensar no presente e no futuro, com soluções amigas do ambiente, sustentabilidade, conforto para os residentes e um clima de tranquilidade pelo seu enquadramento na magnífica Baía de Sines. Tem capacidade para 82 residentes, 13 dos quais inseridos numa ala específica destinada a pessoas com demência, espaços destinados ao convívio, actividades lúdicas, culturais e de saúde.

Desejamos também destacar a grande importância e o valiosíssimo contributo do financiamento da obra no montante de 3.531.094.00€, com 85% de fundos elegíveis, apoiados através de candidaturas a Fundos Comunitários (FEDER), pois sem este contributo garantidamente não teríamos condições para construir este equipamento, tão necessário e urgente para satisfazer as necessidades humanas e solidárias e dar cumprimento à legislação em vigor. Um grande Bem-haja a todas estas entidades e colaboradores.

Factores conjunturais alicerçados no passado despoletaram também as possibilidades da realização presente. Lembremos o humanista e benfeitor José Prats, que há décadas atrás doou todo este espaço para ser obrigatoriamente utilizado em apoio social à população de Sines. Posteriormente a CMS, na qualidade de fiel depositária do seu testamento, cedeu-o à Misericórdia para que esta pudesse gerir e dar continuidade ao desejo manifesto do seu benfeitor.

É com o sentimento de grande honra e orgulho, que os Órgãos Sociais estão a prestar um testemunho muito importante a todos estes 499 anos de história e vida da Misericórdia, cientes de que todos os que por aqui passaram sentiriam que os seus esforços não foram em vão, e que o legado que nos deixaram continua a emergir, com mais ou menos dificuldades, mas sempre com o objectivo comum de acolher todos aqueles que necessitam de uma vida mais justa e digna da condição humana.

Desejamos também deixar uma mensagem aos nossos utentes e colaborares, lembrando-lhes que tanto o nascimento deste novo equipamento, como todos os outros projectos e melhorias que vamos efectuando, acontecem por sua causa, sempre na procura do conforto, bem-estar e sustentabilidade da Misericórdia.

A Misericórdia ficará para sempre grata a todos aqueles que tornaram esta obra possível.


Um grande Bem-haja para todos.



O Provedor

Luís Venturinha de Vilhena


Sines, 31 de Março de 2015.


Outras mensagens [+]

Topo ^

*/